A Cabala Cristã

A Cabala Cristã ou denominada por alguns historiadores de Cabala Renascentista aborda duas áreas de estudos esotéricos, a primeira é a mística judaica, representada pela Cabala Hebraica, e a segunda, a tradição hermética baseada nos princípios de Hermes Trismegisto. O movimento filosófico da Cabala Cristã surgiu com alguns eruditos cristãos que buscavam uma conciliação entre o cristianismo e a sabedoria oculta judaica, a partir das traduções de textos neoplatônicos que chegaram à Europa, oriundos de Constantinopla. Esses textos foram traduzidos do grego e hebraico, e a partir dessas traduções eclodiu um crescente desejo de reinterpretar e rever certos aspectos da doutrina cristã através de uma visão mais profunda (mística) do que tradicionalmente.

Os cabalistas cristãos eram mais interessados na observância, estudo ou compreensão sistemática da Cabala Hebraica. Onde o interesse é voltado para conceitos metafísicos, o Logos deixa de ser o “dizer” carregado de significados, torna-se o dever (ordem, assunto, ato de fazer, etc.).

Quando em 1450, Cosme de Médici confia a Marsílio Ficino à criação da Academia Platônica de Florença, renascia a tradição hermética. Ficino traduziu do grego todos os livros do Corpus Hermeticum e as obras de Platão, comentando e prefaciando. Como hábil intérprete da Teologia Platônica e da religião cristã, ele foi capaz de combinar os mistérios da metafísica platônica com os da revelação cristã. Este conhecimento influenciou profundamente seu discípulo Pico della Mirândola.

Continuando os estudos de FicinoPico aprofunda ainda mais seus estudos, incluindo em sua obra elementos doutrinais procedentes de diversas filosofias e tradições do oriente e do ocidente, especialmente a Cabala. A obra tem o titulo de “Novecentas Teses”, com as quais testemunha a coincidência no núcleo de todas as tradições religiosas. Assim, Pico dá forma a Cabala Cristã complementando perfeitamente o gnosticismo hermético e neoplatônico iniciado por Ficino.

Outro grande nome da Cabala Cristã foi sem dúvida, o místico, sábio e humilde sapateiro Jacob Boehme Goerlitz. Sua obra testemunha um paralelismo entre o cristianismo místico e os ensinamentos fundamentais da Cabala Judaica.
Em síntese, a Cabala Cristã apresenta-se, como uma tentativa de elaboração de uma doutrina mais metafísica, que vai além do aristotelismo da escolástica.