Gosto de Conversar Com Você


Quero destacar em Ordem dos Fantasmas o conto que enfatiza a problemática da velhice no capítulo As Gravações.

O conto desenha quanto à sociedade moderna está centrada na juventude, e a velhice vista como algo distante e ameaçador, ilustrando um período de desgaste físico, social e emocional. O idoso sente-se acometido pelo fantasma do declínio natural da vida e aprisionado na eterna cela de lembranças, tornando-se um fardo para família; mesmo que seja sábio e bondoso.

Porém, meu destaque se faz pela extraordinária experiência que o autor realiza com o leitor através desse conto. O leitor menos atento vai agir indiferente ao texto, não empreendendo qualquer esforço no sentido de compreender as atitudes desconexas das suas falas, chegando ao ponto de abandonar a leitura sem entender que nesta fase da vida, temos perdas físicas e neurológicas. Uma experiência de intolerância e discernimento. Assim, o autor é insiste: “Gosto de conversar com você, você escuta”!

Nesta frase encontramos a metáfora social que o idoso representa, pois, sempre haverá na história da humanidade, textos esquecidos e pais esquecidos, jogados na caridade social.

A experiência é simplesmente genial! Pois o leitor que abandona a leitura do texto, realiza a experiência do abandono ao idoso.


Adalberto Campos