A Cabala na Última Ceia de Leonardo da Vinci


Aprendemos que A Última Ceia de Leonardo da Vinci representa a celebração da Eucaristia, na verdade somos bombardeados com essa lição a ponto de ignorarmos completamente todos os fatos litúrgicos que antecedem sua instituição. Assim como ignoramos anualmente a instituição de Papai Noel como ‘persona’ do dia 25 de dezembro, data em que os católicos deveriam comemorar o nascimento de Cristo, certamente sabemos a obviedade de interesses envolvidos nessa instituição. No entanto, o interesse em ocultar o texto litúrgico da Última Ceia como celebração da Páscoa Judaica não é tão claro!

Ensinaram-nos que Da Vinci pintou a Última Ceia segundo o Evangelho de João, 13:21. Porem, uma leitura rápida da Bíblia nos leva a concluir que também poderia ter sido segundo Mateus, 26:21 ; ou Marcos, 14:18 ou Lucas, 22:21!  Os versículos citados descrevem a mesma passagem com apenas quatro (eu disse quatro) palavras em comum e na mesma subseqüência, “... me há de entregar...

Se a palavra ‘entregar ’ no idioma português é sinônima de ‘trair’, fica uma questão: Como considerar traição um ato realizado por alguém que foi designado para realizá-lo?!

Acredito que a resposta esteja no significado da palavra ‘entregar ’ em grego, ‘conduzir ’.  Tal significado nos conduz a outra questão: Conduzir a que?! Desde muito cedo a resposta desta questão é injetada em nosso cérebro... conduzir aos desígnios dos ‘três’ Anúncios da Paixão! Mas uma célula não contaminada por esse liquido litúrgico poderia questionar: Qual o significado da palavra ‘anúncio’? Qual o significado da palavra ‘paixão’? 

Para paixão, duas alternativas, a palavras ‘amor’ e a palavra ‘idolatria’, sinônimas de paixão. Qual delas você acha que dá significado ao termo ‘paixão’ em grego? (Lembre-se que as primeiras traduções da Bíblia são do grego!)

Se a opção escolhida foi ‘idolatria’, parabéns! Você acaba de descobrir o motivo de nos ensinarem a ler a Última Ceia de Leonardo da Vinci através do método, “Maaseh”, o nível mais baixo de leitura da Cabala, que se refere ao sentido literal de qualquer texto

Mas qual a razão de nos ensinar a ler a Bíblia justamente com o nível mais baixo de leitura? Simplesmente porque ensinar no nível de leitura mais alto da Cabala, o método ‘Sod’, seria o apocalipse! Sim, apocalipse! Porque em grego ‘apocalipse’ significa ‘revelação’! E 'Sod ‘ em hebraico significa, ‘segredo’!

O nível mais alto de leitura da Cabala revelaria que segundo o Evangelho de Mateus, são quatro e não três Anúncios da Paixão: Mt 16:21; Mt 17:21; Mt 20:17; e Mt 26:2. O quarto anúncio, Mt 26:2, é ocultado por ser muito revelador!

...Vós sabeis que daqui a dois dias se há de celebrar a Páscoa,
e o Filho do  homem será entregue para ser crucificado...
(Mt 26:2)

Ou seja, esse versículo deixa claro que a Última Ceia trata-se da celebração da Páscoa Judaica, uma celebração mística. Portanto se existe algum significado oculto na Última Ceia de Leonardo da Vinci ele só pode estar ligado ao misticismo judaico, ou seja, a Cabala Judaica! Essa é a razão de olharmos para pintura e sentir que ali tem algo oculto e nos perguntar o que é?

“A vos tem sido dado o segredo sagrado, mas para os que são de fora, 
todos os segredos ocorrem em ilustrações, afim de que olhando olhem, mas não compreendam.”
(Mt 13:11)


O método ‘Sod’ de leitura nos revela que Da Vinci pintou a Última Ceia segundo o Evangelho de Mateus, 13:11. Olhamos a pintura de Da Vinci e não compreendemos que ele simplesmente mesclou o fato litúrgico aos conceitos da Cabala. Sim, Mateus, 13:11! 13 Personagens na pintura, 11 Esferas na Arvore da Vida da Cabala

Árvore da Vida da Cabala

Posição, expressão e gestos de cada personagem na pintura ilustram os conceitos e as esferas da Árvore da Vida da Cabala Judaica.

Observe essas imagens litúrgicas do apóstolo Bartolomeu.


Essas imagens litúrgicas simbolizam o martírio de Bartolomeu, quando os Sacerdotes da Armênia mandaram retirar toda sua pele. Observe que na imagem da esquerda a um livro nos pés de Bartolomeu...

No capítulo Vendo o Esqueleto do livro Arte de Ler de Mortimer Adler encontramos a seguinte sentença: "Todo livro tem um esqueleto escondido entre as páginas. O leitor deve descobri-lo, porque tem os ossos cobertos de carne e a carne coberta de roupas". Ou seja, leia nas entre linhas, veja o que está oculto:

- Veja a presença da ÁRVORE na imagem litúrgica de Bartolomeu;
- Observe que Bartolomeu está amarrado a ÁRVORE;
- A Bíblia descreve que Bartolomeu descansava tranquilamente embaixo de uma ÁRVORE quando Jesus foi ao seu encontro;


- Veja a predominância da ‘cor’ no manto de Bartolomeu na pintura da Última Ceia; e observe como Da Vinci destacou a amarração do manto;
- Veja que Bartolomeu é o único personagem com as duas palmas da mão sobre a mesa, simbolizando a letra hebraica “Caph”...
- Em hebraico “Caph” hieroglificamente representa a vida refletida e simboliza o ato de pegar alguma coisa...

Pegou que Bartolomeu simboliza a presença da arvore da vida?! Então, observe como Bartolomeu está atento a explicação de Tiago Menor!


Segundo Sepher Yelzirah, livro que contém os segredos da Cabala Judaica, os mistérios do conhecimento fazem parte de uma tradição boca-ouvido.

"Aquele que contemplar a Lei Divina, sendo ouvinte atento e não complacente,
será bem aventurado no seu feito"
(Tiago - 1:25)



Observe a mão direita de Tiago Menor no ombro do apóstolo André. Como se estivesse dizendo a partir daqui. Agora olhe a mão esquerda de Tiago Menor em direção a Pedro. Perceba como ela se assemelha à cabeça de uma serpente.
Da Vinci ilustrou a serpente Nechustan:

Serpente que simboliza o caminho da iniciação na Arvore da Vida.

Tiago Menor está indicando o 32º caminho da Árvore da Vida, o caminho entre a esfera Malkuth e Yesod, (entre os apóstolos André e Pedro), denominado pelo Sepher Yelzirah como Inteligência Administrativa, porque este caminho dirige e associa os movimentos do iniciado, direcionando-o em seus cursos apropriados.  A letra hebraica 'Tau' simboliza esse caminho na Arvore da Vida da Cabala Judaica, e o significado de Tau na Cabala, é ‘sinal’. 

“Tau está destinada a ficar a frente dos homens fiéis que observam a lei.”
(Sepher Yelzirah)

Segundo Tiago Menor, o apóstolo André simboliza a esfera 'Malkut' da Arvore da Vida. A esfera que simboliza todo o sofrimento humano.

- André teve a morte mais sofrida entre todos os apóstolos;
- André foi amarrado a uma cruz em “X” para morrer lentamente;
- ”X" em romano é 10.
- Malkuth é a Esfera número dez da Arvore da Vida,
- 10 em hebraico é ‘Yod;
- Yod representa as mãos;
- Observe como André nitidamente chama atenção para suas mãos!


- No Sepher Yetzirah está escrito: Malkuth situa-se ao pé da Árvore da Vida!
- Observe essa imagem litúrgica do Apostolo André;


- Notou que no pé esquerdo da cruz há um pequeno arbusto? Olhe com atenção e notará que se trata de um bonsai!


BAIXE O LIVRO - É GRÁTIS

CLICK AQUI